sábado, 6 de outubro de 2007

Vida de Espinhos

Com todo o cuidado,
tirei os espinhos
da mais bela rosa
que encontrei no caminho
Olhando fiquei
muito cautelosa
que irias fazer
com uma simples rosa
Olhei os teus olhos
queria perceber
deste-me um sorriso
belo de menino
Falas-te de ti
e da tua vida
e eu mesmo calada
olhava e sorria
Queria conhecer
cada gesto teu
do teu lindo cabelo
ao teu coração.
Lutador
e aventureiro,
sem medo da vida
sem medo da morte
como podes tu
atirar-te à sorte
Queres ser só livre
sem obrigações
só com as tuas regras
sem partilha de vida
Pára só um pouco
olha para ti
a vida não foge
e tu estás aqui
Como bons amigos
gostava de ver
que surpresa a vida
te irá fazer
Será que algum dia
tu irás sonhar
ter esperança na vida
e tempo para amar?

16 comentários:

elsa nyny disse...

Que doçuraaaaaa!

Convido-te a celebrar comigo o 1º aniversário do - eu estou aki -
beijinhos!

Whispers in night disse...

Ola Mimo-te!

Escreves com a alma e do fundo da alma...
Adorei, como era bom se todo o mundo fosse assim como tu
Venho te desejar um feliz Domingo.
Que o sol brilhe amor, paz e carinho no teu caminho
Mil e um beijo para a menina linda de portugal
Whispers

Simplesmente...Joana disse...

Palavras muito bonitas....
Não te magoas-te a tirar os espinhos da rosa?!?!

:)

Beijooo

Até já!**

Som do Silêncio disse...

Aplaudo de pé!
Muito bom Mimo-te!

Deixo um Beijo Silencioso sem espinhos!
:)

Luz&Amor disse...

Que linda poesia. Adorei...
Sentimento a flor da pele.
Belíssimo.
Bjs

Amaral disse...

Toda a vida tem os seus espinhos nalgum instante qualquer...
Mas a tua esperança é um sinal positivo, porque nunca o medo e a tragédia duram mais do que o tempo certo...
A amizade e o amor surgirão logo a seguir, como a bonança depois da tempestade...

Plum disse...

A vida faz muitas surpresas!E é sempre tempo de esperança!Lindo!!!Abraços!***

sofia disse...

lindo mesmo. sem palavras fiquei.
beijo

@ir@ disse...

Se for tirado com cuidado esses espinhos, a vida ainda terá sabor.
beijo

rosa dourada/ondina azul disse...

Lindo poema e bela imagem da rosa.

Beijinho,

poetaeusou . . . disse...

*
os caminhos
da rosa
cautelosa
mas pronta a lutar
sem medo de amar
sem medo dos espinhos
*
xi
*

Sei que existes disse...

Muito bonito!!
É bom ter sempre tempo para amar!...
Beijo grande

Smile disse...

********** um mimito para ti :o)

Maria Faia disse...

Olá Mimo-te,

Vim agradecer a sua visita ao Querubim Peregrino e, deixei-me ficar, admirando a beleza da natureza que tem espalhada por este seu lindo espaço.
Talvez porque nasci na pimavera a beleza das flores, do campo e da natureza misturam-se com o mais íntimo de mim.

Um abraço,
Maria Faia

Um Momento disse...

Aqui não comentei
Da última vez que te visitei
Rosa meu nome
A ti um beijo dei
Sorrio apenas...
A tua rosa acarinhei:))
Beijo... em ti
(*)

ternura disse...

Qual será a vida que não possui espinhos?
Não conheço nenhuma.
É preciso, é removê-los com cuidado, para que não nos magoem mais.
Beijinho