sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Ballet


Quero imortalizar este espectáculo!
O inicio foi fabuloso,
tremendo e original
como todos os bons espectáculos
houve acção, sentimento e emoção
a música foi forte e acelerou o coração
a dança belíssima cheia de ritmo e sedução
o final, não sei, ficou escuro, não vi....
terminou sem um final?
Mas eu quero um final!!!
Tem que ter um final!!!!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Feliz Ano 2008!!!


Feliz Ano 2008!!!




É para ti!...

Entra!

Este espaço é teu !

Sentes a fragrâncis das flores?

A doçura das borboletas voando?

Um calor quente que emana luz?

A liberdade e o aconchego do amor?



A porta está aberta!

A liberdade é total...

Entra!

Sente a música, os aromas,

É tudo para ti!!!!!

domingo, 23 de dezembro de 2007

Reflexo


Hoje não quero palavras
essas que somente inebriam
não quero sorrisos
aqueles que nada reflectem
não quero presentes
nem mimos
não quero discutir ideias perdidas
Hoje é dia da verdade
hoje só contam as acções
As tuas e as minhas

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Feliz Natal!


Agarro-me à tua pureza
ao teu coração de oiro
em ti permaneço
em ti cresço
serena e segura
porque te amo jesus
***
********
************
***************
*****************
*******************
_______
Que o vosso Natal seja repleto de saúde, amor, paz interior e crescimento!!!
Muitos mimos meus
MIMO-TE

Fechada na Concha


Presa, fechada
na concha do mar
vazia, perdida
sem saber para onde navegar
aperta-me
esconde-me
hoje não quero voar
leva-me para longe
onde não haja dor
onde eu possa respirar
Dentro da minha concha
onde o tempo não conta
onde a vida não passa
perdida vazia
para de novo me encontrar

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Amanhecer



a vida tem destas voltas estranhas
que te confundem nas suas manhas
faz-te tantas vezes perder o norte e a razão
e crava as garras no teu coração

***

não pede desculpa não pára pra ver
confunde os teus sonhos até te perder
faz-te tantas vezes sentir o dono do mundo
e de repente deixa-te só

***

mas depois para te consolar
dá-te o céu e as estrelas o calor e o mar
faz-te sonhar e faz-te morrer
mas deixa-te sempre mais uma vez
sarar as feridas e amanhecer

***
a vida tem destas voltas estranhas
onde te prende e te emaranhas
faz-te tantas vezes rodar como um pião
e crava as garras no teu coração

***
mas depois pra te consolar
dá-te o céu e as estrelas o calor e o mar
faz-te sonhar e faz-te morrer
mas deixa-te sempre mais uma vez
sarar as feridas e amanhecer

***

lamber lágrimas, sarar as feridas
e amanhecer


Susana félix (pulsação)
Letra:Mafalda Veiga


terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Mutante




O meu tempo não é estático

causa sempre mutações
e eu vivo-o intensamente
Não espero que ele passe
saboreio cada segundo
analisado cada minuto
cresço em cada hora,
sinto e interpreto
todos os acontecimentos
encontro os meus extremos
conheço o melhor
e o pior de mim
E só assim me encontro
tendo total consciência
que a pessoa que fui ontem
hoje não existirá
porque eu não sou fixa
sou mutante




Eu


Não me fixem!
Não me prendam
Deixem-me ser feliz
quando quero
como quero
porque quero
pelo que quero
pelo que sinto
mesmo que seja
por algo só meu
talvez insignificante
aos teus olhos
mas muito importante
aos meus...
Só isso!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Como um Diamante!



Sem ser previsto chegou
uma pedra preciosa
talvez um diamante
ainda por lapidar
De tão forte
ela entrou
cravou e no meu coração ficou
como cascas das estrelas
caídas do céu azul
belo e inquebrável
esse diamante chegou
O meu coração parou
tudo parou
tudo silênciou
não conseguia entender
compreender
não estava previsto
dos meus olhos rolaram
duas lágrimas de emoção
de plena felicidade
sem entender bem porquê
e o meu coração ficou
parado mas imensamente
feliz e aconchegado
*
*******
*********
**********
************
*
*
*
O melhor presente de Natal

Diz Que Até Não é Um Mau Blog

Este prédio (mimo) foi-me oferecido pela Kênia Garcia, o qual agradeço e recebo como um presente de Natal!



Quanto ao prémio, parece-me que as regras são estas:
1º Indicar quem foi que atribuiu o prémio (done)
2ºAtribuir o prémio a 7 blogs que considere que até nem são maus blogs...
3º Fazer referência ao criador deste prémio (link na imagem)Os prémios são dedicados a:
Ora!!! Aqui é que está o problema, nenhum dos blogs que me visita é um mau blog, por isso, vou alterar a 2ª Regra e vou oferecer este prémio a todos os que aqui vierem e garanto-vos que serei muito mais feliz assim!!!! ( Kênia sei que não te importas!!! )

Ralos de Piscinas-Exija Fiscalização!


Texto escrito pela mãe de Flavia. Uma mãe que há quase 10 anos sofre, não só com o sofrer da sua própria filha, Flavia, mas, sobretudo, com a lentidão da "justiça" no Brasil.

Copie o selo acima e participe da blogagem coletiva programada para o dia 17.12.2007.

Este blog existe, porque minha filha Flavia, que em poucos dias completará 20 anos de idade, está em coma vigil há quase 10 anos desde que um acidente com RALO DE PISCINA lhe interrompeu a infância saudável. Este blog existe porque o acidente acontecido com Flavia já havia acontecido com outras crianças e continuou a acontecer, no Brasil, em Portugal, nos Estados Unidos, Na França, na Rússia...E este blog existe porque apesar da ação devastadora dos acidentes causados por ralos de piscina, locais e empresas responsáveis pela venda, instalação e manutenção desses ralos que compõem os sistemas de sucção de piscinas, continuam indiferentes à sorte das vítimas, continuam na impunidade, mesmo muitos anos depois da ocorrência das tragédias.É preciso urgência na fiscalização da venda, instalação e manutenção dos sistemas de sucção de piscinas. É preciso punição exemplar para quem cometeu ou venha a cometer negligências com a segurança dos sistemas de sucção de piscinas. É preciso cobrar agilidade da justiça na proteção das vítimas.Como eu disse no post anterior, sozinhos fica difícil, mas juntos, somos poderosos. Por isso, peço a adesão de vocês na blogagem coletiva que estará acontecendo no próximo dia 17 de Dezembro, para aumentar a visibilidade da história de Flavia que é apenas um exemplo, não só no Brasil mas no mundo, da negligência, da impunidade e do desrespeito aos direitos humanos de todos nós.

FLAVIA,VIVENDO EM COMA
Muito obrigada.Odele Souza

Ainda há pessoas com Coração!


Notícia que merece, não só ser divulgada, mas também um grande aplauso! DIVULGUEM PORQUE O FARMACÊUTICO DORME TRANQUILO !!

Muitas clientes de Carlos de Almeida não podiam pagar a vacina contra o cancro do Colo do Útero. Então, decidiu vendê-la sem lucro.Carlos Almeida, 47 anos, director técnico da Farmácia de Santa Catarina no Porto, desenvolveu um projecto filantrópico com repercussões vitais na saúde das mulheres portuguesas:- Abdicou das margens de lucro das duas vacinas preventivas do cancro do colo do útero à venda no mercado, ficando as duas ao mesmo preço."Não preciso ganhar dinheiro com este medicamento, porque vejo que há uma extensa série de pessoas que não a consegue comprar. E essa imagem é mesmo muito triste", explicou ao 24 Horas.Com a consciência atormentada, este João Semana das farmácias decidiu fazer alguma coisa. Vende as vacinas ao preço que as compra, possibilitando a mais gente o acesso a um eficaz meio de prevenção de uma das doenças mais mortífereas do sexo feminino." Pensei fazer um desconto, mas ainda assim era cara. Não fiz acordo com laboratórios nem com ninguém quando decidi vender a preço de custo.Não tenho lucro, mas pelo menos durmo de consciência tranquila", diz.As duas vacinas custam 481 e 433 Euros e a Famácia Santa Catarina está a vendê-las a 390 Euros - ainda assim um preço alto para uma grande maioria de famílias, principalmente numerosas.Ciente das dificuldades, Carlos Almeida, lembrou-se de negociar com uma empresa de crédito, permitindo aos clientes comprar a vacina e pagá-la ao longo de um ano." É mais um meio para adquirir o tratamento", justifica.E até quando a Farmácia Santa Catarina vai continuar com tão altruísta acção?""Até a vacina ser incluída no plano de vacinação nacional ou até ser comparticipada pelo Governo. prevenção não pode ser um previlégio", sublinha."A penalização por não participares na política, é acabares a ser governado pelos teus inferiores.·Platão Pena k não pensem todos assim não é?




domingo, 16 de dezembro de 2007

Jesus Nasce Todos os Dias!


Natal todos os Dias!!!





Paz

Saúde

Amor

Tolerância







Para todos, todos mesmo!!!!
Obrigada pelo vosso Amor
que retribuo em dobro



sábado, 15 de dezembro de 2007

Amigos do Coração





A vida é cheia de mistérios
por vezes tão difíceis de decifrar
por isso é mesmo importante
ser simples, humilde, aberto
de modo a não perder tempo a julgar


Tantas vezes há enganos,
tantas vezes confusões
não façamos dos mistérios
armas, lutas e canhões






Eu quero viver esta vida

sem medo de me magoar

vive-la livre, intensa,

deixar os meus olhos brilhar

Quero amar-te pelo que és

sem receios, dúvidas ou deveres

Quero mostrar-te que te quero

que te sinto, que te entendo

que sempre estive contigo

que não quero saber dos defeitos

que respeito as divergências

que estou aqui para sempre

nos bons e nos maus momentos.
Dedicado a todos
os meus amigos do Coração!!!

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Cataventos





Fixo, mas não parado...

Gemendo, mas não abandonado....

Na terra pode haver erva daninha

Mas no céu tens sol, nuvens e magia

Estas bem alto no cimo do cume

onde o vento com suas melodias

te beija e te obriga a dançar

Por favor nunca deixes de rodar

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Encruzilhada













Amo-te!

Mas que importa se me tiras a liberdade...

Se me impedes de caminhar sobre as águas...

Se o teu colo não é refúgio...

Parto!

Não vou esconder-me nessa concha ...

Não!

Prefiro enfrentar o desafio,

mesmo que cause derrame...

mesmo que o coração sangre ...

Serei sempre pelos escritores da liberdade!



Pois é, também caí na encruzilhada que anda por aí.....
Consiste em compor um post, em prosa/conto ou poesia, com o título dos 10 últimos posts, usando ou não palavras pelo meio para que faça sentido. Eu deveria nomear 10 blogs para dar seguimento ao desafio. Mas, vou mais uma vez alterar as regras. Assim sintam-se desde já convidados para o fazer, olhem que é bem divertido! Brinquem com as palavras e divirtam-se.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Colo!!!


Gostei do teu rosto
do teu olhar feliz e vivo
da doçura das palavras
das historias encantadas
Sempre que chegava
corria para ti,
abraçava-te, e saltava
para esse colo sem fim
Esse colo que me davas
cheio de amor e carinho
onde tão bem me enroscava
aninhando-me de mansinho
Sorriam os teus olhos
claros e doces como o mel
com a mão forte afagavas
o meu cabelo a minhe pele
Olhava-te com admiração
como quem olha um mistério
pedia-te uma linda história
e com doçura contavas
Sorrias para mim
dava-te a minha mão
e íamos pelos campos
sem qualquer direcção
Eras lindo,
eras puro
era tal a empatia
que estar contigo era tudo
Conselhos não davas
ralhar não sabias
tristeza nunca
era somente alegria
Como gostava de estar
no teu colo agarradinha
protegida e sem pressa
com a tua mão na minha
O tempo voou
partiste para longe
mas no meu coração ficou
tudo aquilo que tu foste
Dei aos meus filhos teu nome
para nunca seres esquecido
e se hoje lhes sorriu
faço o que aprendi contigo
Amo-te de coração
quero-te sempre comigo
mesmo longe tu estás
presente em tudo o sou e digo

Amo-te Avô!





terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Concha


Pobre de quem nunca chorou por amor!
Digno de compaixão o que não se deixa tocar!
Infeliz daquele que não quer amar
Triste o que não se deixa perder
as vezes que forem precisas
para ser melhor, para crescer e saber viver
para alcançar uma vida linda e bela
desenhada em aguarela
pintada com as cores dos frutos secos
e repleta de flores de lindas cores
e amores e odores e amores e dores
até chegar a altura de se ser amor
e ter vida cheia de cor
sabendo o que é o verdadeiro amor
em plena flor,
criar um jardim florido
de aromas magníficos
de arvores de raizes fundas
com astes de folhas fortes
e flores bem coloridas
e viver de novo um verdadeiro amor!


segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Refúgio


Grande é o prazer que me dá
poder fugir da desordem.
O meu jardim é refugio
onde contemplo e medito
onde sinto o sol e o vento
onde tudo é bonito
Subo ao ponto mais alto
descalça, livre,feliz
abro os braços
deixo o vento
abraçar meu corpo sedento
daquele mimo sem fim
Emaranham-se os cabelos
arrepia-se a minha pele
sinto o coração bater
num murmúrio veloz
Diminui a temperatura
com tamanha fresquidão
Fico solta, fico livre
em total meditação.
Vejo os pássaros a voar
alguns fazendo seus ninhos
cantando harmoniosamente
delicio-me com seus hinos
Sinto os aromas das flores
que plantei no meu jardim
contemplo as cores
e os desenhos
todos imaginados por mim
solta atiro-me para o chão
onde a relva fresca e verde
liberta o seu doce aroma
como se tivesse sido perfumada
Tranquila , prostrada
envolvida, protegida
Fico leve, encantada
como uma bela princesa
nos jardins do seu castelo
Sorrio e respiro fundo
sinto-me restabelecida
pronta para acordar
e viver mais uma luta,
de trabalho, cansaço e vida

Desafio

A Maria do blog O Cheiro da Ilha, lançou-me um desafio, consiste em escrever dez fazes sobre mim.
Fiquei aflita, porque reparei que me revia integralmente nas frases da Maria . Será por sermos do mesmo signo? Não sei, mas é mesmo assim. Por isso vou tentar acrescentar algumas :)Ora vejam:

1ª Sou transparente
2ª Sou verdadeira
3ª Amo a vida e vivo-a intensamente
4º Sei perdoar, porque tento compreender o que levou essa pessoa a ter determinada atitude. O que não quer dizer que não me defenda de posteriores "ataques".
5º Sou forte quando tenho que ser
6ª Sou muito sensível e emociono-me facilmente
7ª Sou solidária
8ª Sou criativa em tudo, até na vida
9ª Sou feliz, porque me conheço e gosto de mim assim, sabendo que sou capaz de melhorar.
10ª Tenho ânsia de aprender e de superar todos os desafios que por vezes me parecem intransponíveis.


Desta vez vou cumprir as regras deste desafio. Assim tenho que nomear cinco amigas(os) para lhe darem continuidade. É sempre "estranho" ter que seleccionar só cinco, mas terá que ser! Assim escolho:


Luainbow - luainbow.blogspot.com
Por entre o Luar - porentreoluar.blogspot.com
Rachell - whispersinnight.blogspot.com
Sky Walker - omshanti1.blogspot.com
Xana - Notas Soltas - vtiago.blogspot.com

Mimos para todas

sábado, 1 de dezembro de 2007

P a r t o ....




Hoje é um dia especial!
Todos os anos se repete
Mas este foi mais difícil de aceitar
Já o digeri e agora estou feliz
Afinal é para comemorar!
Mimos desta bebé !!!!




Obrigada a todos por tantos Mimos que sei serem sentidos
e aos meus amigos Rachel e Erik pela surpresa.
Beijos sentidos a todos!


Amo-te!


Amo-te, Amo-te!
Amo-te a ti A......
Amo-te muito B......
Amo-te tanto C......
Amo-te D.....
Amo-te amiga
Amo-te poeta
Amo-te colega
Amo-te desconhecido
Amo-te!!!!
Porque me privo de o dizer?
Se sei que o sinto
Se sei que este sentimento
pode querer dizer tanta coisa
e que pode ser tão distinto
o destino que terá
Amo-te!
Compreendo-te!
Sinto-te!
Gosto-te!
Não, não banalizo o amor,
somente o sinto,
somente o vivo,
sem exigir troca
ou sentimento igual
porque não importa
o amor é natural
Amo-te porque quero
porque sinto
mas sou livre
não me amarrem
não se enganem
é só um sentimento
o melhor
o mais bonito
mas é o meu
só meu
Dou-te amor
mas não quero que me ames
porque isso não é essencial
nem sequer importante
não me tires a liberdade
Deixa-me continuar a amar

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

L I B E R D A D E!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!









...............................................................!!!!!!



quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Caminhar sobre as Águas




Sonhei que podia,
que mergulhava e voltava
limpa, linda, coberta de espuma
branca, radiosa, macia.
Sonhei que sabia,
caminhar sem me afogar,
sim eu podia,
amansar a fúria do mar,
deliciar-me na maresia.
Sonhei que nunca hesitaria,
que sempre confiaria.
Que a solidão do mar
não me contaminaria,
que as ondas revoltas
eu amansaria.
Sonhei que podia!
Saberei eu caminhar
sobre as águas do mar?

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Escritores da Liberdade

Recebi este mimo de duas amigas, cackau Loureiro (Milla) do Blog Café com crede e de Nanda Nascimento de Dália Rosada. Dois blogs que costumo visitar porque aprendo e divirto-me muito!
Este mimo tem algo muito peculiar, uma vez que tem como objectivo permear os blogs com uma escrita livre. Não importa se são blogs com textos escritos por amadores ou profissionais, poetas ou simplesmente alguém que por qualquer motivo aqui está divulgando os seus pensamentos, gostos, dons, enfim o que quer que seja.

Obviamente sinto-me feliz pelo miminho destas duas mulheres fantásticas. Contudo, tenho que confessar que a minha escrita nem sempre é assim tão livre. Quantas vezes, receio publicar algo porque sei que pode incomodar alguém, quantas vezes publico um texto que saí e que não é para ninguém em especial e de repente tenho uns comentários anónimos desagradaveis porque alguém que não conheço se sente atingido. Pois é, este mimo fez-me pensar muito.

Supostamente deveria nomear 10 blogs e atribuir este mimo. Mas... não sou capaz! Sou sincera, não consigo. A verdade é que teria muita dificuldade em o fazer e seria certamente injusta. Por isso vou alterar as regras, e vou aproveitar para me deliciar com as vossas palavras.
Assim, coloco a seguinte questão a todos os que gostem de vir aqui:
É a tua escrita totalmente livre?
Eu já respondi, agora é a vossa vez, este blog é vosso!

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Faz!



Faz!
Porque está tudo em ti,
tudo depende de ti.
Acredita!

Para fazer, para ter,
terás de acreditar.
Chega de opiniões,
de favores,
de ilusões.
Chega!
Basta a tua coragem,
a vida é uma viagem,
tu gostas de viajar.
Luta!
Todos os sonhos,
se podem realizar.
Basta ter coragem,
de não os deixar escapar.
Não faças planos pequenos,
porque a vida é imensa.
Não estreites os teus passos.
Acredita que és capaz!
Deseja desesperadamente,
acredita e não lastimes,
mesmo que hoje
nada aconteça,
amanhã serás maior.
Tem esperança, sorri,
tem coragem e entusiasmo.
A certeza que belas melodias
iram brotar do teu coração,
quando chegar esse momento
de imensa festa.

Porque eu, acredito, SIM!!!!


quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Artrópedes



Como uma criança
também tu tens
cede de crescer.
A tua luta
é feita pelo conhecimento.
Neste percurso sentes dor,
pois tudo o que dói
faz crescer.
Chegarás, sim!
Chegarás ao fim do
teu caminho...........
E certamente nascerá,
uma LUZ infinita.
Sim eu sei que sim!............

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Álvaro de Campos - Poema




Todas as cartas de amor são

Ridículas.

Não seriam cartas de amor

Se não fossem

Ridículas.

Também escrevi em meu

Tempo cartas de amor,

Como as outras,
Ridículas.
As cartas de amor,
Se há amor,
Têm de ser

Ridículas.
Mas, afinal,

Só as criaturas que nunca

Escreveram
Cartas de amor

É que são
Ridículas......


Álvaro de Campos



Um poema sobejamente conhecido. Suponho que na época actual, Fernando Pessoa escreveria o mesmo poema. Talvez substituísse a palavra "cartas" por "mensagens" ou "postes"......

Mas a mensagem seria a mesma.

Eu, também assino : Já escrevi cartas de amor tremendamente ridículas, até digo sorrindo, já fui excessivamente ridícula! Mesmo ridícula, que bom!.....

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Danço!

Quanto a tristeza,
o desanimo invadem o meu coração,Danço!
O coração pode sangrar,
os olhos lacrimejar, mas eu danço!
Não necessito de par,
apenas de uma mágica melodia,
que penetra os meus ouvidos,
hipnotizando-me os sentidos.
Momentos mágicos, extasiastes,
passos deslizam compassados,
freneticamente elevados,
por um som que inebria.
Embalada pelo ritmo,
giro sem sentir os meus passos,
o corpo leve, quase flutua,
sinto-me livre, sinto-me pura.
Desvio olhares, não quero ver,
sinto-me só mas em total prazer.
A música alegra-me a alma!
Minhas amigas sorriem.
Danço serena, sem amarras,
num ritmo suave e sensual.
Danço só para mim,
é por isso que me liberto assim.
Danço sempre e não me canso,
sorrindo alegre como criança.
O coração balança com emoção,
solta-se a respiração,
rodopia o corpo, meia luz,
penumbra até,
a minha alma feliz,
danço solta.
Gosto dessa sensação
que me aquece o coração,
na magia dessa dança.



domingo, 18 de novembro de 2007

Não me Olhes!



Deixa os teus olhos cumprir a sua obrigação,

deixa-os mergulhar e vê-me por dentro,

Não me olhes, vê-me!

Sente-me!