quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Fechada na Concha


Presa, fechada
na concha do mar
vazia, perdida
sem saber para onde navegar
aperta-me
esconde-me
hoje não quero voar
leva-me para longe
onde não haja dor
onde eu possa respirar
Dentro da minha concha
onde o tempo não conta
onde a vida não passa
perdida vazia
para de novo me encontrar

9 comentários:

O Profeta disse...

Para ti que me visitaste
Ao longo destes poucos meses
Ofereço-te uma prenda singela
Uma estrela de mil cores

Roubei-a ao firmamento
Deposito-a na tua mão
Para que neste Natal
Te ilumine o coração

Um Santo e Mágico Natal


Doce beijo

lurainbow disse...

Como me sinto tb :)
Beijinhos princesa ...
Um mimo gandeeeeeeeeeeeeeee

Bichinho disse...

De mim, Para Ti...BEIJO DOCE E CHEIO DE MIMINHOS !





BOAS FESTA para Ti AMIGA.

marias disse...

Às vezes, todos nós precisamos de nos fechar nessa concha que falas para por as ideias em ordem.
Que te encontres de novo e saias depressa da concha!...

És alma de sonhar
disse-mo o teu olhar!...
....................

Beijinhos

Sol da meia noite disse...

Se pudesse, levar-te-ia...
E iria junto contigo.

Hoje tem sido um daqueles dias, em que a dor tem doído demais.

O meu obrigada pelas tuas palavras de compreensão.
Xi-coração apertadinho

pmoedas disse...

Eu e a minha Concha...
A minha Concha e Eu...

Somos uma só ;)

Bjs cheios de mimos

su disse...

Acho que já deves ter saído da concha...a não ser que sejas um caranguejo como eu?! ;))
Segue a luz...aquela que se nota haver dentro de ti!
Um beijinho grande.

Simplesmente...Joana disse...

Que essa busca demore o tempo necessário... e que quando a abrires, o teu encanto seja ainda maior :)

Beijooo

Até já!**

Blue Velvet disse...

Muitas vezes me sinto assim.
Sabes o que faço?
Tendinha.
Quando os meus amigos telefonam, perguntam logo: Tás de tendinha?
Depois conto-te como é.
Mas a tua é bem mais linda e ouves ao longe o som das ondas do mar.
Beijokas