terça-feira, 30 de outubro de 2007

Borboleta







O céu estava escuro

a noite negra e cerrada

eu observava apavorada

Só e tremendo de frio

Uma dor forte repassava a minha alma

o meu peito ardia

num turbilhão de emoções

as feridas profundas sangravam

a incerteza e a incoerência

faziam-me deixar de acreditar

e confiar nos meus instintos

A ilusão perdia toda a cor

nada alegrava a minha vida

Magoada sem ti sofria

O meu mundo desabou

a magia voou

e eu enlouquecia de paixão

e da incerteza que eras tu.

Mas finalmente acordei!

O sol voltou a brilhar

de alma e cara lavada

mudo de caminho

Um verdadeiro arco-íris

transforma a minha alma

agora iluminada

Feliz, radiante

o meu coração acalmou

o sorriso voltou

e eu descansada

e aliviada

sinto a cor voltar

ao meu rosto

os olhos de novo brilhar

de novo ter vós e cantar

de alegria pintar

brincar e sorrir

para voltar a amar

Mas agora para ser feliz

amada e protegida

serena e tranquila

Apaixonada e desejada

acarinhada e enaltecida

cheia de amor e de vida

e assim voltar a ser Eu



segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Amiga





Hoje só interessas tu!

Tu, amiga!

Só tu.

Nada mais ocupa a minha mente,

o meu coração está apertado por ti.

Hoje, nada tem mais importância,

a não seres tu.

Porquê?

Não interessa,

o importante és tu.

Estou esperando,

Porquê?

Porque hoje

o meu problema,

o meu pensamento,

a minha angústia,

o meu aperto,

és tu.


domingo, 28 de outubro de 2007

Mãe




Por ti faço e deixo de fazer

Por ti vivo e cuido de mim

para te ajudar a crescer

Por ti amor, dou tudo o que tenho

e o que não tenho

Por ti lindo, sorrio

quando a vontade é chorar

Por ti choro emocionada

quando sinto teus avanços

Por ti cresço para te entender

brinco e riu de total prazer

Dou-te a minha mão,

o meu coração

e a minha vida.

Por ti, amor

enfrento tudo e todos

esqueço até o que sou

Por ti paixão sou

fêmea ferida sem medo

sem dor, enfrento a vida

seja como for

Amo-te loucamente!

Um amor incondicional

e verdadeiro




sábado, 27 de outubro de 2007

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Amizade



No meio da escuridão
há sempre uma luz brilhante,
no meio das águas turvas,
também pode haver pureza,
no meio da confusão
também encontro o equilíbrio,
no meio das lágrimas,
sinto a tua alegria e compreesão,
no meio da arrogância
tenho o teu sentido de humor,
no meio do desencanto,
vejo a tua amizade pura,
no meio das palavras frias,
conversamos sem reservas,
no meio do desânimo
tenho o teu super ego
que me faz feliz!

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Vício





Qualquer que seja o seu vício, servirá apenas para anestesiar uma angústia escondida.
É claro que quem os possui, apesar de geralmente ter noção dos sinais, angústia e tristeza, tende a ignorar e consequentemente não os superar. Carência de afecto, ou simplesmente um pequeno distúrbio não resolvido, a verdade é que o vício é sempre um malefício. Conduz à dor e afecta tanto o próprio como os que vivem ou convivem com ele.
Os vícios são manipuladores e tendem a tornar-se por vezes tão graves, fazendo com que o homem fique reduzido à mais triste miséria moral.
Drogas, álcool, tabaco, jogo, compras, sexo, etc... são alguns dos mais vulgares, mas existem mais, que de forma subtil vão acabando com a dignidade de quem os possui.
Não temos que ser escravos dos vícios, podemos sempre lutar em vez de os dissimular. Claro que é difícil...
Felizmente existem profissionais capazes de ajudar.
O primeiro passo é ter consciência da existência deste, para depois, com a ajuda necessária destrui-lo, antes que seja ele a destruir-nos.
Hoje não falo de amor, mas falo com amor, sobre um assunto sério. Claro que o meu desejo é partilhar este tema convosco, trocar opiniões e quem sabe ajudar alguém. Seria fantástico se pelo menos um fosse tocado.






" 5 MANIAS IRRITANTES "








Recebi um desafio para me desnudar e divulgar aqui as minhas 5 manias ou taras mais irritantes.
É difícil, mas vou fazer o melhor:
1ª Quando viajo levo sempre muito mais do que preciso.
(faço uma lista e acabo por acrescentar sempre mais coisas)
2ºNão consigo começar a trabalhar sem ter a secretária muito bem arrumada!
3ª Detesto papéis e por isso todos os que não me interessam, vão parar ao arquivo circular. (tenho o cesto sempre cheio!)
4º Não vivo sem café ( já vim de Espanha a Portugal só para tomar do nosso café!!!)
5º Detesto que os meus filhos não venham para a mesa quando os chamo e ódeio ter que voltar a chama-los!
Ufa! finalmente! Bem, agora já mais tranquila, vou passar a outras pessoas, mas desde já estão todos convidados para este sacrifício.
Beijos :):)

Sou Mulher!

Sou Mulher,
simplesmente Mulher,
igual a todas as outras,
nem mais, nem menos,
apenas Mulher.







Igual a todas as outras,
solidária, apaixonada, lutadora,
Mãe, filha, irmã, amiga.
Sou Mulher como todas as outras.
Que vê, que sente e que sonha.
Mas sabe, como todas as Mulheres,
sente, como todas as Mulheres,
ama, como todas as Mulheres.
sofre, como todas as Mulheres.
Sou apenas uma Mulher
como as outras!

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Sonhos

Podem roubar, os meus sonhos,
aniquilá-los, queimá-los,
desfaze-los,





Mas nunca me vão tirar,
A capacidade de sonhar.
Essa é minha!

Pesado



Quanto pesam os meus sonhos?

Porque os guardo como se fossem um tesouro?

Porque os defendo sem limites?

Talvez porque sempre os realizei,

mas se são sonhos?

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Tu Sabes..............




Tu sabes, que podes sonhar
com aquilo que queres,
que podes ir onde tu quiseres,
que deves procurar o que tu desejas,
que deves ser apenas aquilo que és,
que te deves aceitar tal como és,
que podes crescer até onde quiseres.
VVVVVVVVVVVVVVV

Que eu quero iluminar a tua vida,
somente dando-te incentivo,
porque a tua vida é aquilo que fazes dela !



VVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVVV

Palavras para quê?
Só tens de reflectir
e fazer o que tu és.








Acredito em ti!


E se eu disser que confio em ti......
E se eu disser que vou arriscar.....
E se eu disser que vou acreditar..
E se eu disser que vou saber .......
Talvez nunca me tenha enganado
quem sabe o meu coração é sábio
e o teu é igual ao meu.
Vou, vou saber amar-te.

domingo, 21 de outubro de 2007

Como Eu Queria.............



Sabes, hoje queria que me dissesses algo,


algo nosso, só nosso,

algo que eu preciso ouvir ou ler,

sentir ou receber,

algo que chegasse ao meu coração

assim directo do teu ao meu.

Que me desse prazer,

que aumentasse a alegria que tenho em viver.

Algo que me fizesse sorrir de contentamento,

que ficasse guardado cá dentro,

que brotasse de ti e caísse em mim,

algo que iria para o cofre

e seria um segredo bem guardado

Só nosso, algo assim...........


sábado, 20 de outubro de 2007

A Vida Sem Amor Não Faz Sentido


Nunca vivi sem amar
Não sei como é
Nunca o meu coração foi frio
Ele está vivo
Nunca o meu peito esteve sereno
Ele está cheio de amor
Nunca o meu sorriso foi artificial
Ele é natural
Nunca as palavras foram inconsequentes
Escolho as melhores
Nunca esqueço quem amo
Fica em mim
Nunca jogo com sentimentos
Eles são como mel para mim
Nunca deixo de dizer o que te fará feliz
Tu és tudo para mim
Nunca te abandono
Estarei sempre aqui
Nunca escondo uma lágrima
Se for por amor a ti
Nunca vivi sem amor
Ele faz parte de mim

Confia em Mim - Kylie Minogue


Eu estou distante
Eu vejo de longe
Se te oferecem algum auxílio
Deveriam importar-se com quem você é
Todos nós ficamos magoados por amor
E todos temos uma cruz para suportar
Mas em nome da compreensão agora
Nossos problemas devem ser partilhados
Confie em mim, Confie em mim,
Eu posso manter um segredo
e jogar a chave fora
Mas às vezes podemos revelá-los
Pela liberdade da criança que somos
Fure ou troça, a escolha é sua
Acerte e erre o que é meu é seu
Fure ou troça a escolha é sua
Acerte ou erre o que é meu é seu
(Uma letra e musica de que gosto muito )

brilho





Preciso espaço para descansar
a luz e a ternura possa vibrar
os sonhos e os olhos se alegrar
as palavras fortes e doces sair
Preciso urgentemente abraçar
o sol e vento beijar na ternura
dos abraços amar tremer
sentir calor dos teus abraços
amar ser feliz soltar aqueles
olhos fixar o doce toque amar
o som das palavras no olhar
entender sem ter que falar
os olhos de outono percorrer
e chorar todos os momentos
perdidos acabar desencanto
da falta dorida mata devagar
para deixar a ternura voltar
receber o brilho e dar afectos
suaves sentires sentimentos
de amor a paixão a obsessão
soltar poder ser apenas eu
o amor imenso percorrer
veias soltar um grito de dor
do amor que ficou por fazer
num colo seguro encontrar
amar e poder viver somente
no teu doce olhar poder cair!


sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Partida




Sempre chega o dia,
o dia da tua partida!
porque partes,
se te quero aqui?
Faço birra
não aceito,
quero que fiques,
quero tudo ao meu geito.
Não me deixes,
que eu ainda nem sei andar,
ou então, leva-me contigo
se não fico triste a chorar.
Não, não faço luto por ti,
tu sabes que eu não sou assim!
Comigo não haverá luto,
porque não sei esquecer,
quem parte fica comigo
guardado no meu coração
a sofrer. Não partas!
Fica..........

Sou como uma Borboleta




Hoje sou apenas uma simples borboleta,

frágil e em mutação, na esperança de voar
sem qualquer limite, sem saber do tempo,

nem do espaço, apenas voar para o infinito.


quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Doce MenTira




Uma doce mentira,
pode esconder tanta verdade
verdade que eu sempre vi
mentir para proteger
ou somente para esconder
mentir por medo ou desejo
de proteger um amigo
um acto perverso afinal
mas que num contexto certo
pode ter valor afinal
é preciso ter coragem
para mentir cheia de dor
para proteger e esconder
por vezes um grande amor.

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Culpa









Culpa, não!

não tenho culpa.

Não pedi, não procurei,

nem dei por isso, quando achei!

Não, não tenho culpa.

O que faço?

esquecer, como?

se tu já estás

marcado no meu ser.

Fugir, para onde?

Se te levo comigo,

para qualquer lugar que vá.

Apagar! como? se as tuas marcas

estão cravadas no meu peito,

se o teu toque chega à minha alma.

Não, não o consigo fazer.

Resta-me apenas

viver, sentir e sorrir

porque amar é bom,

é como renascer,

rir de alegria e prazer.

Ficar tonta de tanto sonhar,

não dormir de tanto pensar.

Quero apenas tê-lo,

Senti-lo, toca-lo,

incitar sorrisos,

sonhar acordado,

chorar de prazer,

ser feliz demais,

Não, ninguém é culpado,

Porque é bom amar

e tão bom ser amado.






Estas são Para ti!





Estas colhi hoje para ti,
são do meu jardim!
Não são azuis,
mas são para ti,
só para ti.
Olha para elas
e estás vendo-me
a mim.
Assim, serena,
tranquila,
em total paz.
Estas hoje,
são só para ti.
És tu...........








terça-feira, 16 de outubro de 2007

Voar



Livres e soltas voam no céu,
como desenhando castelos no ar,
esvoaçam, em círculos
procurando o poso ideal,
algo seguro e acolhedor.
Sem pressa e denotando paz,
tranquilo som emitem,
seguro é o seu planar.
Eu, curiosa fico a observar,
como eu queria poder voar!
segura, serena, sem medos.
Também eu preparar o meu lar,
bonito, cuidado com grandes
janelas e portas abertas
para o sol entrar.
Ficaria à espera para te abraçar,
te tocar, te beijar, te queimar,
te marcar!
porque em mim permaneces
cravado, desenhado,
e sei que só contigo poderei voar.

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Alma Gémea


Quando encontrares alguém
que te entende melhor
que a ti mesmo,
como se te conhecesse à muito tempo.
Que compreende as tuas ideias,
que te obriga a crescer,
que te desperta para a vida,
cujo espírito é idêntico ao teu,
e que te fás sentir completo.
Por quem sentes um amor intenso
e uma grande saudade dos seus beijos.
Com a qual terás realização a todos os níveis,
não a deixes fugir! Porquê?
Porque é a tua Alma Gémea


domingo, 14 de outubro de 2007




Fogo


Que necessidade é essa que te consome

que ansiedade forte te move

que falta, que fome, que desejo espreita,
que enche e controla a tua mente,
que te obriga a brincar com o fogo quente,
a sofrer com prazer ou dor intensa,
para depois ser apenas desejo
cumprido, de ser criança, sem medo
de brincar, outra vez com o fogo quente.
Que te queima e que fere todo o teu ser,
para apenas satisfazer o desejo louco,
de ser e ver aquele fogo que queima.
Mas que não te cansa nem te tira o desejo,
de voltar a brincar da mesma maneira.





sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Vida



Sou feliz porque sei que sou tão pouco
Sou feliz porque não me arrisco a controlar a vida
Sou feliz porque respeito sempre o que a vida me dá
Sou feliz porque sigo sempre o caminho que ela me mostra
Sou feliz porque sei que a vida é um desafio constante
Sou feliz porque agarro as oportunidades da vida
Sou feliz porque confio seguramente na vida
Sou feliz quando o que a vida me mostra é
o oposto do esperado e mesmo assim
acredito e confio na vida.
a ViDa
Sou feliz porque sei que sou pequena
Sou feliz porque aceito a grandeza que é a vida
Sou feliz quando tudo o que me mostra parece absurdo
Sou feliz porque sei que a vida pode transformar o impossível
em possível, a dor em alegria o estranho em perfeito.
Sou feliz porque aceito o desafio até com medo
Sou feliz porque sei que vale a pena viver
a ViDa

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Estou Viva





Sou sopro de vento que te quer tocar
Sou sol quente, intenso a queimar
Sou chuva que molha devagar
Sou luz brilhante que te quer marcar


Sou vida, sou lágrima, sou riso profundo
Sou gente que luta para melhorar o mundo
Sou mãe, sou filha, amiga, confidente
Sou aquela que quer abraçar toda a gente


Sou meiga, menina, cheia de ternura
Sou firme, convicta, sempre lutadora
Sou o extremo da vida, vivida ao segundo
Sou feliz assim porque sou inteira.



Desculpem lá o tamanho do meu ego, mas é só hoje.


terça-feira, 9 de outubro de 2007

A cor DA dor


Qual será a minha cor

a que carrego cá dentro

pesada, cansada, adormecida

num sono tão leve que castiga.



É só minha esta cor dorida

não a vou passar a ninguém.

Junto a minha à tua

e carrego as duas

para te poupar.



Coloco um fraco sorriso

nos olhos tristeza sofrida

corro e ponho os óculos

porque os olhos mostram

o que quero guardar

só para mim

para te poupar.


suporto o meu e o teu peso

e sem nunca me queixar,

para te resguardar.


Fico com todas as cores

sem saber ao certo

de que cor é a dor

que trago cá dentro.




sábado, 6 de outubro de 2007

Vida de Espinhos

Com todo o cuidado,
tirei os espinhos
da mais bela rosa
que encontrei no caminho
Olhando fiquei
muito cautelosa
que irias fazer
com uma simples rosa
Olhei os teus olhos
queria perceber
deste-me um sorriso
belo de menino
Falas-te de ti
e da tua vida
e eu mesmo calada
olhava e sorria
Queria conhecer
cada gesto teu
do teu lindo cabelo
ao teu coração.
Lutador
e aventureiro,
sem medo da vida
sem medo da morte
como podes tu
atirar-te à sorte
Queres ser só livre
sem obrigações
só com as tuas regras
sem partilha de vida
Pára só um pouco
olha para ti
a vida não foge
e tu estás aqui
Como bons amigos
gostava de ver
que surpresa a vida
te irá fazer
Será que algum dia
tu irás sonhar
ter esperança na vida
e tempo para amar?
O mimo-te recebeu um prémio vindo de uma pessoa muito especial, que leio, sinto e entendo. Whispers in night, recebo-o como se fosse uma qualquer flor, porque todas são lindas, chegou cheio de doce aroma e sublime beleza. Eu agradeço o teu mimo, querida. Agora serei eu a nomear 7 blogs que se encaixem neste prémio, claro que é difícil, os que conheço considero-os a todos merecedores, mas vou fazer o que o coração mandar. Sendo assim:


Som do Silêncio
Nanda Nascimento/milla Loureiro
Plum/plim
Maria João
elsa nany
mestre
Rosa dourada/ondina azul
bichinho
Simplesmente Joana
Célia maria

Bem, acrescentei mais 3 para dar sorte como dis Whisper, mas ficaram vários que gostaria de colocar. Tenho pena, mas é assim. Beijos com muito mimo.
CONDIÇÕES ORIGINAIS Prémio Blog Solidário:"Existen muchos premios y galardones con prestigio y solera a lo largo del planeta que se otorgan a personas que hayan resaltado por alguna técnica o actividad.Siguiendo la moda de los premios blogger en la blogosfera, he tenido la idea de hacer uno dedicado a los blogs que destacan o han destacado en alguna ocasión por su solidaridad con los demás, tanto a nivel general como individual. Creo que se merecen una especial distinción y debemos demostrarles nuestro agradecimiento y cariño en este mundo en el que corre mucho egoísmo e indiferencia.Además, gracias a estos blogs solidarios podemos promocionar una vez más la blogosfera.Las condiciones para otorgarlo son las siguientes:1º Escribir un post mostrando el PREMIO y citar el nombre del blog que te lo regala y enlazarlo al post que te nombra. (De esta manera se podrá seguir la cadena).2º Elegir un mínimo de 7 blogs que creas que se han destacado alguna vez por ayudar, apoyar y compartir. Poner sus nombres y los enlaces a ellos. (Avisarles).3º Opcional. Exhibir el PREMIO con orgullo en tu blog haciendo enlace al post que escribes sobre él y lo otorgas a otros

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Como Uma Borboleta



Como ela, também eu me sinto bela e me mostro.
Voarei pelos mais belos locais em busca das melhores flores,
Serei livre para voar e crescer.
E sempre que te encontro, sinto aquele amor puro e doce
que tens para me dar, e que lanças aos que queres em total liberdade.
E eu, feliz, agradeço e consumo o teu amor, puro, que me faz sentir
linda, amiga, menina e sempre aberta a toda e qualquer descoberta em ti.
Sorrirei sempre para ti.

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Vem!



Sentimentos á flor da pele, desperto numa profunda tranquilidade. Espero, confiante, pelo caminho direito que vou tomar. Suave, muito suave, cheio de amor e beleza, aquele que só de pensar, deixa minha alma ofegante mas não vazia.
Sei que vens, que chegarás, enfim! Sem perguntas, sem discurso, somente para estares em mim.
Aqui estou, serena, repleta de sentimentos, numa espera desejada, sem mágoa ou qualquer tormento. Sei que vens, sinto isso! E eu, estou pronta para ti.....