terça-feira, 2 de outubro de 2007

Luz e Sombra



Nem todos os dias são dias de sombra,

também há aqueles cuja luz é intensa,

é vida, é ar no meu peito ofegante e ritmado.

É um sorriso aberto, descontraído, animado.

É também um coração descompassado, liberto, arejado

inteiro, devotado, para fazer sentir o teu encantado e feliz.

2 comentários:

Bichinho disse...

São dias, como outros dias.

Beijo fantasma.

Um Momento disse...

E são os nossos dias,
São as nossas horas, os nosos pensamentos
A Luz essa existe sempre, ás vezes nós é que estamos tão egoistamente absortos nos nossos pensamentos que nem vemos que essa luz está ali , só a iluminar-nos
Beijo abraçadinha a ti
(*)