sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Como Uma Borboleta



Como ela, também eu me sinto bela e me mostro.
Voarei pelos mais belos locais em busca das melhores flores,
Serei livre para voar e crescer.
E sempre que te encontro, sinto aquele amor puro e doce
que tens para me dar, e que lanças aos que queres em total liberdade.
E eu, feliz, agradeço e consumo o teu amor, puro, que me faz sentir
linda, amiga, menina e sempre aberta a toda e qualquer descoberta em ti.
Sorrirei sempre para ti.

10 comentários:

Barão Van Blogh disse...

Feitiçeira esta tua borboleta !

Um beijo cortês.

Som do Silêncio disse...

Deixo-te o meu sorriso!

Beijo Silencioso

Whispers in night disse...

Ola linda!
tenho um premio para ti no meu blog.
Hum virou borboleta a menina, teu poema esta demais escreves muito bem basta so dares largas a tua imaginacao
mil beijos
Whispers

Navegante Do Amor disse...

Gostei da sua visita. Volte sempre,
gostei do que vi por aqui.bjo.

Nanda Nascimento disse...

Foto linda, está romântica heim!!!
Podera voar muito, pois as flores estão em abundância!
Beijos e flores!!

sofia disse...

bela a tua borboleta :)
Voa sempre tal como ela o faz e encontra em cada bater de asas um momento de felicidade.
Um enorme sorriso para ti.
beijinhos

Amaral disse...

A borboleta sorri com as suas cores, com o seu voar singelo, com os seus movimentos graciosos...
Livre como ela, toda a beleza se entrega à sua chegada, e tudo cresce e abunda ao seu redor...

Luz&Amor disse...

Obrigada pela visita. São poemas postados com carinho mesmo. Que bom que gostou. Sua casa também é linda. Beijos

sofia disse...

só para te deixar um sorriso e um beijo e dizer-te obrigada.

Um Momento disse...

E olha...
Deste-me vomtade de em uma borboleta me tornar...
Simplesmente ... apetece-me voar...
Vem ... anda daí:))

(*)