domingo, 18 de maio de 2008

Perseverança

.
.
.



Serão os afectos superiores à nossa essência?
O nosso eu interior muda ao longo da vida?
Ou vamos ficando mais fortes e maduros, à custa de muita luta e desilusão?
Apagamos nós todas as memórias?
Ou permanecem aquelas que não queremos esquecer?
E as lágrimas, sim aquelas que brotam dos nossos olhos sem pedir licença, por acaso servem para aprendermos a viver?
.
.
Algo permanece em mim,
a vossa essência,
essa fica para sempre...

19 comentários:

Anónimo disse...

Tudo em nós muda, e éssencial mudar. No entanto, a vida se é luta pode não ser semre delisusão desde que acreditemos em nós próprios e nos outros!
As lágrimas são rios que correm e que nos transportam para rios inacessíveis aos sentidos.
O que permanece em ti é algo belo, sublime, que persiste e resiste... é essa a tua essência..!
Gosto-te!
CM

poetaeusou . . . disse...

*
perseverança,
a fé . . . dos fortes,
,
metamorfose
de conchinhas, deixo-te,
,
*

Sol da meia noite disse...

O nosso sentir está em permanente actualização.
Tanto provocada por factores externos que a mutações nos obrigam, como pelo nosso próprio crescimento, amadurecimento.
Mas há sempre algo em nós que persiste... algo a que chamamos essência. Penso que seja imutável, perdurando.

Gostei de sentir o teu sentir...
Mil beijinhos

Coragem disse...

Nada se perde...Tudo se transforma...A vida vai nos dando razões para isso.
Com as desilusões vai-se aprendendo e tornamo-nos mais fortes.

Beijo

Cila & Di disse...

A vida é mesmo assim....muda-se constantemente e cada mudança, por mais dificil que seja é uma lição de vida...vivendo e aprendendo!
Beijo doce

BlueVelvet disse...

Tantas perguntas com respostas difíceis.
Dizem, que sofrer amadurece. Dizem.
As memórias? Parece que a nossa tem a faculdade de seleccionar só aquilo que é bom.
Maravilhoso branco o da tua flor.
Boa semana e beijinhos

Maria disse...

Poderia dizer-te que o nosso interior muda ao longo da vida, e ainda bem. É sinal que estamos em aprendizagem contínua, e a experiência da vida faz-nos crescer interiormente.
Não apagamos as memórias. Nunca. Apenas guardamos as que não queremos lembrar numa gavetinha, mas ao mínimo click elas voltam...
... é a minha opinião...

Beijinhos, Mimo-te

Som do Silêncio disse...

Olá Mimo-te!

Gostei de ler-te!

Beijo

D.Antónia Ferreirinha disse...

Passei para te deixar um beijinho sincero.
Adorei ouvir a música e as palavras de fundo do blogue.
Lindo, lindo, lindo. Já conhecia.

Girafa cor de rosa disse...

Querida amiga mimo-te este teu texto tocou-me profundamente porque estou a passar 1 fase d minha vida em que me questiono sobre todas estas coisas. E a desilusão minha cara, é algo que me custa ultrapassar, mas penso que não podem existir muitas expectativas, se não existirem tb não há desilusão, mas ao mesmo tempo, quando nos envolvemos com os outros seres humanos, criamos expectativas...enfim! A preserverança é algo que realmente temos que cultivar para conseguirmos conquistar e conseguir algo...mas mudamos sim, e de que maneira, amadurecemos, transformamo-nos, tipo lagarta que se transforma em borboleta, bem espero que não seja o contrário:))! Muitas beijocas, já tinha saudades de vir aqui e desculpa o testamento, é que me tocou muito!

Diva disse...

A fe dos fracos... ou dos fortes, prefiro.
Bjs meus

Maçã com Canela disse...

Pois é.. são essas a veradeiras duvidas que vão permanecendo sempre em nós.. mas uma coisa é certa... situações, pessoas, a propria vida vai-nos moldando um pouco a alma..
Esta ainda que seja sempre a nossa alma, vai aprendendo a lidar com as situações e com as pessoas.. vai aprendendo a viver...

Gostei de te ler!

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Para ter respostas, o mais importante, por vezes, é saber formular as perguntas. E tu fazes tantas perguntas e todas elas bem feitas...

Mesmo inconscientemente, todos nós vamos armazenando, cada um à sua maneira e em maior ou menor intensidade, a essência dos outros.

Espero que guardes a minha em local segurooo não vá ela perder-se...

Beijinhos.

tulipa disse...

OLÁ
Passo de mansinho, para lhe desejar, uma noite tranquila, belos sonhos.

BEIJITOS.

Hoje tirei uns minutos para fazer uma visita, pois ando atrasadissima com as visitas aos blogues dos Amigos.

AML disse...

Acho que o nosso eu interior é a essência divina que permanece pura e indestrutível.
Também as nossas memórias perdurarão, energia que o Universo guardará no seu interior.
Conscientemente ou não, sentimos que a nossa essência vai conduzir-nos a outros níveis de percepção, quando deixarmos esta vida física.

leonor costa disse...

Sem comentário, só com um beijo...



HOJE E AMANHÃ

Kênia Garcia disse...

Sempre ficam vestígios em nós. Faz parte de nossas vidas, ainda que não sejam os melhores.

Beijo!!

«« ڱemöґïvö »» disse...

Tudo o que fazeos, que pensamos, que indagamos... tantas coisas e o pq que sempre vem...
Tudo tem um pq e com o tempo, todas as perguntas sãorespondidas.

beijo

ray

variasformasdearte disse...

A nossa essência é feita de afectos...

Estamos sempre em permanente aprendizagem...

Os erros/ quedas servem para crescermos...

As lágrimas são descargas emocionais...