terça-feira, 27 de maio de 2008

O meu nome


Palavras fortes
e bem trabalhadas
as que ofereces todos os dias.
Mas se tu soubesses como elas ferem, matam e sem qualquer permissão fazem correr
lágrimas de sangue vivo e quente
do meu coração.
Bebo essas palavras
sempre belas e profundas
cheias de emoção e pureza
mas sabes elas nunca chegarão
nem próximo daquilo que sinto
e que jamais entenderás.
Fortes essas palavras,
não espelham a realidade
porque da alma que tu vez
nunca encontrarás razão
para decifrar e entender
o poder de uma vida
que sendo fortemente vivida
é amor, dor e alegria
misteriosa, mas sentida
e rica de tudo e de nada.

6 comentários:

Siala ap Maeve disse...

A palavra tem um poder que ao ser liberto pode tornar-se devastador...
Mas nunca a palavra poderá aprisionar toda a magnitude do sentimento, nem do amor, nem da dor...
Beijos meus e um mimo grande...força!

LIBERTINO disse...

se precisares duns mimos...

Maria disse...

Não há palavras que consigam traduzir sentimentos nem estados de alma.
Mas há, por outro lado, palavras que são verdadeiros gritos....

Beijos, Mimo-te

BlueVelvet disse...

As palavras podem magoar demais e contudo, raramente coseguem exprimir com toda a sua força as emoções.
Miminhos e veludinhos para ti

Só Eu disse...

As palavras...
No meio duma tempestade para onde te leva o vento?
No correr dum rio para onde te leva a corrente?
No meio da noite para onde te leva a escuridão?
As palavras são dedos, farois que apontam para um imenso azul...(sendo que azul é a luz que brilha dentro dos nossos olhos...)

Cila & Di disse...

Há sem dúvida, palavras que magoam, muito mais do que qualquer gesto mais desagradável...
Beijo doce