terça-feira, 22 de abril de 2008

Sinais


Desperta por todos os sinais
sensível a todos os sentidos
Não terei medo do desconhecido
ou de algo que me toca
Desperta não fugirei do amor
não temerei qualquer dor
porque jamais aceitarei
o vazio nesta vida

9 comentários:

Sol da meia noite disse...

Fantástico este sentir... porque em geral afastamo-nos do que desconhecemos.

Bjs

Marta Ribeiro disse...

"Todas as prendas que me deste, um dia,
Guardei-as, meu encanto, quase a medo,
E quando a noite espreita o pôr-do-sol,
Eu vou falar com elas em segredo ...

E falo-lhes d'amores e de ilusões,
Choro e rio com elas, mansamente...
Pouco a pouco o perfume do outrora
Flutua em volta delas, docemente ...

Pelo copinho de cristal e prata
Bebo uma saudade estranha e vaga,
Uma saudade imensa e infinita
Que, triste, me deslumbra e m'embriaga"

Adicionei-te o teu blog aos que leio e apresio...
Serás sempre bem vindo (a)

Maria disse...

... e como poderemos aceitar, alguma vez, o vazio nesta vida?

Beijo, Mimo-te

Pearl disse...

um medo: o vazio desta vida... Também não o aceito!
:o)))***

AML disse...

Sinais do conhecimento - direi eu!
Se a consciência estiver alerta, principalmente nos momentos importantes, o medo do desconhecido esvai-se!
O amor aconchega "aquilo" que, nesta vida, foi ilusão de vazio...

poetaeusou . . . disse...

*
sinais
mensagens,
que nos passam ao lado,
e,
que podem preencher
os nossos vazios,
,
conchinhas
,
*

««§εмф†ϊvф»» disse...

Isso! elimine a solidão da sua vida!! CARPE DIEM!!!
Por isso que gosto tanto de vc. Seu auto-astral contagia a todos.

beijão

ray

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Mimo-te, gostei do teu texto...Sinais da vida
Beijos

variasformasdearte disse...

Aceitar de braços cruzados o “vazio nesta vida” é desistir de Sonhos e projectos... é preciso não desistir e ser persistente.