domingo, 13 de abril de 2008

Ausência


Sinto que te perco
que te dissipas de mim
que te desvias
das minhas mãos
deslizas por entre os meus dedos
e eu completamente
apática continuo
sem nada fazer por ti
Sinto o peso do tempo
como nunca o senti
espero imóvel, sem reagir
que te afastes de mim
Mas fico-me
quieta e passiva
expectante e indiferente
somente esperando
que a saudade que já sinto
venha mas não crave a dor em mim...

24 comentários:

Alquimia disse...

A ausência aperta no peito,
o que nos dava sentido
para O sentir...
Perguntamo-nos porque é que quando uma pessoa deixa de amar outra o Amor não se vai de ambos os corações?...

Também lutei contra um Amor sobreviente.
Mas quando me voltar a cruzar com essa pessoa, provavelmente o meu olhar vai-me trair de novo.

Beijinho
Alquimia

D@rk @ngel disse...

Minha linda amiga
já vai tanto tempo sem te visitar...
Mas eu nunca esqueço os verdadeiros amigos,por isso aqui estou !
Amiga é bom entrar no teu mundo e sonhar.
Ah é verdade não conheçes este meu cantinho...
Sou a M@ri@ :)))
Desejo um lindo final de Domingo.
Big kiss xoxxx

Som do Silêncio disse...

Olá Mimo-te

Escreves a saudade de uma forma doce...
Gostei

Beijo

Diva disse...

Transbordas saudade na escrita...suave ausencia que mata e faz viver. Belo.
Bjs meus

Querubina disse...

Ola, desejo-te uma optima semana :)

Beijufas de Luz!!

Querubina disse...

Ola, desejo-te uma optima semana :)

Beijufas de Luz!!

Oliva verde disse...

As ausências que nos deixam saudade também tornam mais doces os regressos!
Que a vida te sorria!
beijinhos

Ivan disse...

Os textos escritos aqui são coloridos, mas nem precisavam, pois têm brilho. Este último, se eu posso, faço uma parte, pois que é um tanto feito de angústia, não é? E, os outros que li, não têm essa carga.






Http://momentosnossos.zip.net
Http://algumaspalavras-ivan.blogspot.com

multiolhares disse...

Por vezes não podemos esperar , temos de lutar
beijinhos

Blue Velvet disse...

Querida mimo-te,
tu e os nossos azuis...
Que venha a saudade para fazeres o luto, se assim o queres, mas com os olhos postos no depois, sim?
Muitos beijinhos e miminhos

Raul Cordeiro disse...

As tuas imagens são sempre sugestivas de algo suave, intimista e real. Bjs pela tua escrita.

poetaeusou . . . disse...

*
ausencia,
das
dores presentes,
,
conchinhas
,
*

Amaral disse...

Desejo a todos os que tiveram a paciência de me ler ao longo de mais de três anos, um eterno momento de felicidade nas vossas vidas terrenas e que, cedo, entendam no vosso coração o porquê da dádiva que foi experienciarem a Vida desta forma...
Na certeza de que o Deus do vosso entendimento falar-vos-à sempre na voz da vossa consciência!
OBRIGADO!!!
(Amaral Nascimento)

Baraújo disse...

é como deixar um comboio ir... vemo-lo afastar.. sentimos saudade... mas por vezes sabemos que é melhor assim.

beijo.

São disse...

Vim matar saudades tuas .
Beijo.

ternura disse...

A saudade entranha-se nas nossas entranhas e deixa-nos nostálgicos, mas a saudade faz parte de nós.
Beijinho.

««§εмф†ϊvф»» disse...

=/

Talvez seja só uma impressão. Com o tempo tudo ficará mais claro.
Vc está bem miga?? Tudo certinho?

Grande beijo

Ray

Girafa cor de rosa disse...

Linda imagem e belo o texto. Que nenhum tipo de dor se crave em ti. Desejo-te um belo resto de semana...assim como esta imagem! Beijos.

FM disse...

Não gosto de ausências, prefiro o "acontecer"...
Uma ausência deve ser sempre compensada com "andar"...
Beijos com Essências.

FM disse...

Beijo... PRESENTE!

Sol da meia noite disse...

Que lindas flores, minha amiga!
Que as palavras que aqui deixaste, se possam transformar em pétalas de esperança...

Deixo-te um sorriso :-)

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá cara amiga, belo texto...Bela imagem !
Beijos

Um Momento disse...

Quando se espera... ou se alcança ...ou se desespera...
Não desistas do que amas...

Deixo um beijo com carinho

(*)

variasformasdearte disse...

Saudade!!

Essa palavra tão nossa...