domingo, 24 de fevereiro de 2008

Rasgada

. .
.
Por tanto sentir
por tanto chorar e sorrir
por tanto que me toca o teu sorriso
uma lágrima, uma ternura, um canto
tudo é tanto e tanto é nada

.
.

12 comentários:

Kênia Garcia disse...

Por tráz de um sorriso pode se esconder uma lágrima. E a sensibilidade para enxergá-la é para poucos.

Grande beijo e bom domingo!

Maria Clarinda disse...

Vim dar-te um beijo de bom Domingo e encontro um poema lindo.
Jinhos mil

Pecadormeconfesso disse...

Boa imagem e escrita serena mas angustiada.

Whispers in night disse...

Ola querida!

Poderia dizer que aqui tens um grito de revolta, amiga a vida e assim, uma lagrima e um sorriso, quantas lagrimas esconde um sorriso?
Beijinhos mil
Rachel

Célia Shanti Priya disse...

Que esta semana que começa, seja um caminho de brilhantes.....

Om Shanti

Célia

Sky Walker disse...

Muito bonito...
Uma boa semana para ti...

Amaral disse...

Do nada brota o quanto basta a que o Tudo se manifeste!...
Um sorriso, uma lágrima, um terno murmúrio do sentimento que nos toca em cânticos eternos!...

Cristina disse...

Um rasgo de alma :) Boa semana com muito mimo e muita Luz :)
Bjos meus

Siala ap Maeve disse...

Note-se que o comentário da Cristina é meu lol Desculpa Mimo-te, nem reparei que estava logada com outra conta de email :)
Bjos meus, da Cristina, ou da Siala...como preferires porque somos uma e a mesma :)

Oliva verde disse...

Pela grande sensibilidade que demonstras mereces que o nada se transforme em tudo!
Beijinhos

Oliver Pickwick disse...

Pequena poesia de versos hábeis e melancólicos, no entanto, de beleza grandiosa e repleta de sentimentos.
Beijos, prezada amiga!

variasformasdearte disse...

... mas por tudo vale sempre a pena ;)

Bjs