sexta-feira, 18 de julho de 2008

Insegura


Impossível controlar as palavras
impedi-las de brotarem inquietas
mais genuínas que alguma vez as quis
soltam-se vadias,ousadas,
profundas e cheias de magia
Não as controlo, não as seguro
revoltam a ânsia que sinto
de continuar a nascer de novo
mostram o passado e todos os fantasmas
as recordações e todas as memórias
e sem qualquer alternativa
roço entre a saudade e a vida viva
entre o amor ardente e a dor cruel
entre o ficar quieta e o partir inserto
porque são elas que comandam
e controlam a minha vida
.
.

.

Paula Minau

18 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
estou seguro
que as minhas memórias
as boas e as más
são um mar de magias
fantasmas esquecidos
saudosas palavras
por demais vencidas
,
conchinhas
,
*

instantes e momentos disse...

parabens, muito bom teu blog.é bom vir aqui. Gostei, vou voltar sempre, vai virar mania.
Maurizio

Pipinha disse...

Bom dia querida amiga, vim desejar-te um óptimo Domingo e um Dia da Amizade muito feliz!

"A amizade faz-nos sentir como se estivéssemos constantemente num lindo jardim...
Desejo que os ventos soprem o aroma das flores, para levar até ti o meu carinho com perfume de Amizade!"

Obrigada por existires no lindo jardim da minha vida!
A tua amizade é importante para mim!
Beijinhos carinhosos e abraço apertadinho.

Xana disse...

Linda AMIGA Mimos nos dás em constante mudança...

"roço entre a saudade e a vida viva
entre o amor ardente e a dor cruel
entre o ficar quieta e o partir inserto...porque são elas que comandam e controlam a minha vida..."

Agora o caminho que percorro...

Abraçinho de ternura neste dia para ti!

Sol da meia noite disse...

As palavras são um mundo, no qual nos orientamos e desorientamos...
Com palavras podemos gerar sentimentos de amor... também de ódio...
Palavras nos acariciam... palavras nos ferem...

Gostei de ler.

Amiga, um beijinho *
:-)

FB disse...

Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão.

Só Eu disse...

Paula
Eu acho positivo, na maioria das vezes, não controlar as palavras. E então quando ao serviço dum poema tão intenso como este que nos mostras...
Parabens
Beijinhos

Cila disse...

Basta apenas uma palavra...com ela sorrimos, com ela choramos...assim é o poder das palavras!
Beijo

Sandra Araújo disse...

Profundas as tuas palavras.
Gostei de cá vir.

D.Antónia Ferreirinha disse...

Palavras....palavras....palavras...
Sem palavras...
Beijinho.

Pipinha disse...

Ohhhh Querida Paula, acabei de ler o miminho que me deixaste no meu cantinho. Deixaste-me preocupada, o que se passa contigo linda? Esta música dos Fingertips é lindíssima, mas persinto que não estás bem. Se quiseres falar, podes escrever-me um mail.
Dou-te muitos muitos miminhos para te animar doce amiga. Quero ajudar-te, se precisares, sabes que podes desabafar comigo.
Nunca percas as forças para sorrir, sim kida?
Beijinhos carinhosos e abracinho meiguinho.

Pearl disse...

Fui atingida com imensa violência por este post...
:o)))***

Xinha disse...

Deixa as palavras soltarem-se gritadas ou mudas ...
diz o que te vai na alma e liberta a dor...
Assim, irás finalmente encontrar caminho para a felicidade...

Lindo post. Obrigado pela tua simpática visita!

Xi-coração

Maria disse...

Assertivas as tuas palavras...
Assim somos, uma mescla de tanto, de quase tudo, assim nos sentimos....

Beijos, Paula

Pipinha disse...

Querida amiguinha, estás mais animadita? Vim depositar mais um montinho de ternura e miminhos no teu cantinho. Gosto muito de ti, és muito querida e doce. Um grande sorriso para ti!
Bom final de semana com muita paz.
Beijinhos carinhosos e abracinho meiguinho.

«« ڱemöґïvö »» disse...

Olá Mimo-te.
Tempo né... insegurança é algo que temos mas não podemos deixar que ela tome conta de nó tá?
Linda músicaaaa
e a foto... de acordo com tudo!
Parabéns, ficou perfeito! ^^

Beijos

Ray

Nilson Barcelli disse...

Mas não tens que controlar as palavras, pelo menos aqui.
E não controlas mesmo, porque o teu poema é um mimo...!!!
Gostei, pois claro.

Beijinhos.

odnanref disse...

Parabéns!

Como tens coragem para assumires as tuas intuições, seja nas palavras que brotam, seja nos actos que promoves, seja nas emoções que buscas.

Beijo-te