segunda-feira, 23 de junho de 2008

Ternura




Tempo de reflexão
Entre uma vida cheia e a escuridão
Recobro de tempos ilusoriamente vividos
Num resto de sonho e solidão
Ungida de fortes aromas
Rasgada pela dor de tanto crer
Amando no limite da ternura

.
.

e no extremo da incompreensão
Paula Minau

12 comentários:

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!
Passei para ler as novidades e deixar um beijinho.

Cila & Di disse...

Lindo...adorei a utilização da palavra "ternura" no teu poema.
Beijo meu

Moon T disse...

no meu ver, a ternura reside precisamente no extremo da incompreensão...



gostei do teu Blog
obrigado pela partilha

Chinha disse...

Viver no estremo da ternura...Tentar agarrar o que por vezes voa em altitude...É sempre dificil...Muito

bjinhos

Só Eu disse...

Lindo, ternurento (e uma ilustração belissima...)
Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Gosto da ternura e da palavra.
E gostei da tua ideia que, não sendo nova, termina de uma forma que surpreende o leitor.

Acho o poema que escreveste magnífico.

Beijinhos.

Maçã com Canela disse...

E são rastos de ternura...

Um beijo

Pipinha disse...

Olá querida amiga, com muita ternura e amizade te deixo aqui um abraço apertadinho e o desejo de continuação de boa semaninha com muitos miminhos.
E flutuo ao som da música da Susana Félix, que gosto muito.
Beijinhos carinhosos.

Gerlane disse...

Construção poeticamente terna!

Beijos!

Marta disse...

A ternura é tão importante....
Gostei da forma que deste ao poema...
Obrigada pela visita ao Marcos e Eu...
Beijos e abraços
Marta

BlueVelvet disse...

Olá querida,
quando de um amor, nos fica como recordação a ternura, é porque apesar de tudo, valeu a pena.
Lindíssimo poema, como a imagem azul.
Sempre o azul.
O azul que tanto amo.
Beijinhos e veludinhos azuis

Pearl disse...

Ternura é efectivamente uma palavra tão suave quanto o seu conteúdo...
também gostei muito do flutuo da susana félix... a única musica que lhe conhecia era o "mais olhos que barriga" e estou aos poucos a descobrir outras tantas que gosto muito, obrigada por isso...
:o)))***