sábado, 11 de agosto de 2007

JÁ NÃO TE CONHEÇO


Quantas máscaras tens?
Quantas usas?
Imposição cénica?
Sobrevivência?
Ou apenas obrigação
por viver numa sociedade
que não promove a
beleza da diversidade?
Eu amo a pureza inata,
a essência do teu ser
aquilo que te torna único
e que me dá tanta vontade de te saber
Não, não gosto de máscaras!

2 comentários:

Mestre disse...

Oi.
Vim dar uma espreitadela a partir do blog do pecador...e acabei por ler tudo. Gostei.
Deixo-te um beijo...suave

MIMO-TE disse...

Obridada Mestre,
Na verdade a escrita só surgiu agora e nem sei se é para continuar, não a tenho como prioridade de vida. Mas tenho outras! Vou visitar-te breve.
Um beijo ternurento.